Criado em 1997, ‘Rota’, da Companhia Deborah Colker, encerra a 16ª Temporada do Teatro Alfa

Por Metro Jornal

Terceira coreografia original e quarto espetáculo apresentado pela Companhia de Dança Deborah Colker, “Rota” foi lançada em 1997 e compõe uma investigação da dançarina sobre movimento e espaço. Vinte e dois anos depois, ela reapresenta o trabalho, a partir desta quarta-feira (23), no encerramento da 16ª Temporada de Dança do Teatro Alfa.

Veja também:
Eagle-Eye Cherry inicia turnê pelo Brasil nesta quarta, em São Paulo
Dexter Holland, do Offspring, fala ao Metro: ‘tenho o melhor emprego do mundo’

Assim como na década de 1990, o espetáculo tem quatro movimentos no primeiro ato e abre com “Serenata Noturna K239 em Ré Maior”, de Mozart, com bailarinos a esbanjar vitalidade, humor, sexualidade e irreverência, encerrando com o “Quinteto em Lá Maior Opus 114, a Truta”, de Schubert.

A emblemática roda de ferro, criada pelo cenógrafo Gringo Cardia, entra na segunda parte, no ato denominado “Gravidade-Roda”, onde a inspiração vem, na primeira parte, da atmosfera que envolve os astronautas e, a segunda, no brinquedo dos parques de diversões.

Rota – Companhia de Dança Deborah Colker

No Teatro Alfa
Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722;
Telefone: 5693-4000;
De hoje a sex., e dias 28 e 29, às 20h30; sáb., às 20h e dom., às 18h;
De R$ 37,50 a R$ 190.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo