'Breaking Bad' retorna em 'El Camino' com conclusão do arco de Jesse Pinkman

Por Nicholas Townsend - Metro Internacional

No começo, seu personagem não sobreviveria à primeira temporada, mas o autor Vince Gilligan seguiu seu instinto e reescreveu sua fórmula para “Breaking Bad”, incorporando um elemento que seria fundamental: Jesse Pinkman.

Leia mais:
Lollapalooza 2020: Respondemos suas dúvidas sobre o festival (segundo as pesquisas do Google)
O Irlandês: Filme de Martin Scorsese abre Festival de Cinema de Los Cabos, no México

O personagem interpretado por Aaron Paul se tornou o anti-herói mais lembrado na história recente da televisão, cuja  catarse foi um dos pilares da série. Em 62 episódios, acompanhamos como Jesse deixou de ser o desajeitado “Captain Cook” – o traficante e cozinheiro de metanfetamina, cuja vida foi arruinada –, para um personagem completamente quebrado, buscando sua liberdade.

Portanto, assim que se soube que Gilligan e o ator estavam preparando um novo projeto relacionado à série, a expectativa era alta. Durante os quase seis anos que se passaram desde que o último episódio foi ao ar, os fãs de “Breaking Bad” não pararam de sonhar com um retorno.

“Better Call Soul” foi um prêmio de consolação, mas ainda havia dúvidas: o que aconteceu com Pinkman? Uma pergunta que será respondida a partir desta sexta-feira (11), quando a Netflix estreia “El Camino“, a sequência da série que foi filmada em completo silêncio.

Uma produção de duas horas, gravada em 18 meses, e que nos mostra o retorno de vários personagens emblemáticos. Portanto, de acordo com o mesmo ator, um dos principais episódios a ser analisado antes de assistir ao filme é “One Minute“ (temporada 3, capítulo 7).

“Aqui está o momento de ‘Breaking Bad’ para se preparar lentamente para o que está por vir”, ele escreveu em sua conta do Twitter com um clipe no qual um Jesse derrotado diz a Walter White: “Eu nunca estive tão solitário”, depois de ser atingido por Hank (Dean Norris).

Também é bom revisar “Half Measures” (terceira temporada, capítulo 3), em que Jesse enfrenta os assassinos de Combo, e “End Times” (quarta temporada, capítulo 7), em que Pinkman confronta Walter, a quem ele responsabiliza pelo envenenamento de Brock – dois episódios pelos quais Aaron Paul recebeu o Emmy de Melhor Ator Coadjuvante em uma Série Dramática.

Como sabemos que o tempo é curto e fica impossível rever os 62 episódios nas horas restantes para a chegada de “El Camino“, deixamos uma seleção de episódios destacados pelo crítico americano Alan Sepinwall (autor do livro “Breaking Bad 101”) para serem vistos antes da estreia.

Os essenciais

“Piloto”
(Temporada 1, capítulo 1)

Breaking Bad piloto Divulgação

“Cancer Man”
(Temporada 1, capítulo 4)

“4 Days Out”
(Temporada 2, capítulo 9)

“Peekaboo”
(Temporada 2, capítulo 6)

Breaking Bad Peekaboo Divulgação

“Confessions”
(Temporada 5, capítulo 11)

“Rabid Dog”
(Temporada 5, capítulo 12)

Breaking Bad Rabid Dog Divulgação

“To’hajiilee”
(Temporada 5, capítulo 13)

“Ozymandias”
(Temporada 5, capítulo 14)

Breaking Bad Ozymandias Divulgação

“Granite State”
(Temporada 5, capítulo 15)

“Felina”
(Temporada 5, capítulo 16)

Breaking Bad Felina Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo