Marco Nanini: 'Problema do Brasil não é beijo gay, é a desigualdade social'

Ator interpreta pela primeira vez um personagem homossexual em "Greta", filme baseado em peça de Fernando Melo

Por Metro Jornal

Em "Greta", filme que estreia nesta quinta-feira (10), Marco Nanini interpreta pela primeira vez um homossexual. Aos 71 anos, o ator pernambucano tem um romance com um criminoso e aparece nu. Apesar do ineditismo, o ator nega que o personagem seja "ousado".

"Se eu pensasse assim, acho que travava. Seria sinal de que tinha medo. Os pobres, os velhos, os negros, os gays, as trans estão sendo massacrados todo dia", disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. "O problema do Brasil não é o beijo gay, é a desigualdade social", continuou.

O filme é baseado no espetáculo teatral "Greta Garbo, Quem Diria, Acabou no Irajá", de Fernando Melo. Nanini interpreta Pedro, personagem que já pertenceu a Raul Cortez em uma montagem de 1993.

Na trama do cinema, dirigido por Armando Praça, o protagonista tenta um leito para internar sua amiga, a travesti Daniela (Denise Weinberg). A chance surge quando ele ajuda Jean (Demick Lopes) a fugir do hospital, para onde foi levado após um crime. Jean se esconde na casa de Pedro e os dois têm um romance.

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo