Osesp celebra os 250 anos de nascimento de Beethoven

Por Metro Jornal

A música de Beethoven será o tema da temporada 2020 da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo). Os 250 anos do compositor serão celebrados com séries integrais das sinfonias, dos concertos para piano, das sonatas para piano e das sonatas para violoncelo, além de obras corais e do Concerto tríplice.

Leia mais:
Em tom de protesto, Elza Soares apresenta novo disco no Balaclava Fest
Rock in Rio registra público de 700 mil pessoas

O novo diretor musical e regente titular, o suíço Thierry Fischer, que substitui Marin Alsop a partir de janeiro de 2020, vai reger as sinfonias de nº 1 a nº 8 – a Nona será apresentada em dezembro, na despedida de Alsop. Fischer também vai reger, de Beethoven, a Missa Solene.

Destaque ainda para a estreia latino-americana de uma nova obra para violoncelo e orquestra de Tristan Murail (com solos de Jean-Guihen Queyras) e a estreia mundial de Ojí, de Paulo Costa Lima, uma das encomendas do ano da orquestra.

Antonio Meneses fará a integral da obra para violoncelo e piano, ao lado de Ricardo Castro, com quem toca ainda o Concerto Tríplice (com o maestro e violinista Claudio Cruz, que fecha o trio). Há ainda aberturas orquestrais e obras como o oratório Cristo no Monte das Oliveiras, regido por Alexander Liebreich.

Valores

Outra novidade é a diminuição em 2020 dos valores de todos os seus ingressos, com uma redução que vai de 9% a 17%, se comparados aos preços de 2019, com valor inicial de R$ 50 (Coro da Osesp, Recitais Pianistas Brasileiros e Concertos Sinfônicos por apresentação). O valor das séries fixas de assinaturas (com 5, 6, 8 ou 9 concertos) vai de R$ 400 a R$ 1.570 e todos os ingressos estão disponíveis no site da Osesp.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo