Sem Fergie, Black Eyed Peas tenta 'reconquistar terreno' em shows no Brasil

Por Luccas Balacci - Metro São Paulo

A relação do Black Eyed Peas com o Brasil vem de longe, com diversas turnês, clipe gravado no país e gravações com Sérgio Mendes e Anitta (saiba mais abaixo). Nesta semana, o grupo faz seus primeiros shows por aqui em oito anos, com datas em São Paulo, sexta, no Festival Itaipava de Som a Sol (com entradas disponíveis no ingressorapido.com.br), e no Rock in Rio, sábado.

A apresentação marca um recomeço para o grupo, que voltou ao formato de trio após a saída da cantora Fergie – que preferiu focar na carreira solo. Musicalmente, o Black Eyed Peas buscou a sonoridade do hip hop dos primeiros álbuns em “Masters of the Sun, vol. 1” (2018), com rap político com letras sobre violência com armas, brutalidade policial e racismo.

“Ano passado fez 20 anos que lançamos nosso primeiro trabalho. Decidimos entrar no estúdio e fazer tudo juntos, como no início. Cada verso teve um cuidado especial para passar uma mensagem direta e forte”, conta will.i.am, prinicipal nome do grupo, que ainda conta com Taboo e apl.de.ap.

Black Eyed Peas Trio promete entregar todos os hits em shows em São Paulo e no Rio / Divulgação

Apesar do registro distante do pop que tornou o grupo um dos maiores da década de 2000, os setlists das apresentações seguem priorizando as músicas mais famosas, como “Pump It” e “I Gotta Feeling”. “Fazemos uma retrospectiva de toda a nossa história”, diz Taboo.

Para que os versos de Fergie não fiquem apenas a depender do público, desde o ano passado a cantora Jessica Reynoso, finalista do The Voice Filipinas (que teve apl.de.ap como técnico), assumiu como vocalista de apoio. Um prêmio melhor do que se tivesse vencido o reality!

Vai, malandra

Na segunda-feira (30), o Black Eyed Peas lançou “eXplosion”, parceria com Anitta. Ela confirmou participação no show do trio no Rock in Rio, sábado – a artista abre a noite no Palco Mundo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo