Michael Jordan doa US$ 1 milhão para vítimas do furacão Dorian nas Bahamas

Por Metro Jornal

O astro do basquete Michael Jordan, dono do Charlotte Hornets, doou US$ 1 milhão para organizações de assistência às vítimas do furacão Dorian nas Bahamas.

A porta-voz de Jordan, Estee Portnoy, divulgou uma declaração no Twitter nesta terça-feira (10) em que o atleta está 'arrasado'. "Meu coração está com todos que estão sofrendo e com aqueles que perderam entes queridos", diz.

O ex-jogador, que ganhou a NBA por seis vezes, tem casa nas Bahamas e afirmou que vai acompanhar a campanha de reconstrução de perto. "As pessoas são fortes e resilientes nas Bahamas e eu espero que minha doação ajude enquanto eles trabalham para se recuperar dessa tempestade catastrófica", diz o atleta.

Rastro de destruição

Considerado fenômeno climático, já que foi assumindo características variadas ao longo de sua passagem, o Dorian arrasou diversas ilhas nas Bahamas. Quando chegou ao solo, tinha ventos de 289 km/h, atingindo a categoria 5, a mais alta existente para a classificação de furacões. Apenas nas Bahamas, o saldo de mortos chegou a 50.

O fenômeno chegou aos Estados Unidos e, a caminho do Canadá, foi perdendo força.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo