CEO da Sony descarta volta do Homem-Aranha à Disney e sugere ideia de reunião com Venom

Por Metro Jornal

A esperança que restava aos fãs do universo cinematográfico da Marvel de um novo diálogo entre a Disney e a Sony parece ter se encerrado com a declaração do CEO da segunda empresa, Tony Vinciquerra.

Em entrevista à Variety, o empresário afirmou que "no momento as portas estão fechadas" para outro acordo. E apesar de elogiar a boa parceria com a casa do Mickey Mouse, ele ressaltou: "Somos perfeitamente capazes de fazer o que devemos fazer aqui".

Leia mais:
Com participações de Ozzy Osbourne e Halsey, Post Malone lança seu terceiro álbum
Metro Indica: veja quais são as principais atrações culturais em São Paulo neste fim de semana

A confiança de Vinciquerra se deve ao sucesso da Sony com super-heróis em 2019, que ocorreu com a animação do Amigão da Vizinhança, "Homem-Aranha no Aranhaverso" e da colaboração com a Amazon na série "The Boys". Em 2018, a dona do Cabeça de Teia também acertou no que deve ser o futuro do personagem.

"Venom", filme solo do vilão do Aranha, foi um sucesso arrebatador, o que abriu portas para outros projetos neste universo. O CEO confirmou que o caminho de Peter Parker a partir de agora deve ser esse.

"O Homem-Aranha estava bem antes dos filmes-evento, ficou melhor com eles e agora que temos nosso próprio universo ele também vai se sair bem com os outros personagens", disse Vinciquerra.

Tom Holland ainda tem mais dois longas na pele de Peter Parker no contrato, portanto a reunião com Venom não deve demorar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo