Peça inédita de Otavio Frias Filho estreia no Sesc Avenida Paulista

Por Metro Jornal

Imposição de ideologias, totalitarismo e restrição à liberdade de pensamento estão no cerne de “Tutankáton”, texto escrito em 1990 por Otavio Frias Filho (1957-2018), ex-diretor editorial da Folha de S.Paulo.

Os temas são perfeitamente atuais, e isso levou Mika Lins a assumir a primeira montagem da peça, que estreia hoje no Sesc Avenida Paulista (av. Paulista, 119, tel.: 3170-0800; de qui. a sáb., às 21h; dom., às 18h; R$ 40; até 1º/9).

A trama se inspira em um episódio histórico, quando um faraó extingiu o politeísmo no Egito Antigo, obrigando a população a adorar apenas Atón, o deus sol.

A peça apresenta o momento em que ele, motivado pelo clamor popular, precisa voltar atrás de sua decisão e reabilitar oficialmente os mais de 2.000 deuses adorados pelo seu povo, o que o faz ficar conhecido como Tutankamon – aquele que readmitiu a soberania do deus Amon.

Bete Coelho, que acaba de ser indicada a melhor atriz por “Mãe Coragem”, participa da montagem no papel de uma vidente.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo