Rapper A$AP Rocky é solto de cadeia na Suécia

Por Metro Jornal

O músico norte-americano A$ap Rocky foi solto de sua custódia na Suécia, onde aguarda o veredito de um julgamento por agressão.

Após três dias na Corte, o juiz determinou que Rocky não precisaria permanecer na Suécia enquanto aguarda veredito do júri – que deverá ser anunciado em 14 de agosto. Outros dois réus também foram liberados.

O rapper permaneceu preso no país por um mês, após suposto envolvimento em uma briga de rua em Estocolmo, em 30 de junho. Ele pode ser condenado a até seis meses de prisão.

Entenda o caso:
Rapper A$AP Rocky é preso na Suécia após briga por fones de ouvido; entenda

A defesa de Rocky, cujo nome de nascimento é Rakim Mayers, afirma que as ações dele na ocasião não foram premeditadas, e que o rapper esteve envolvido na briga por menos de dez segundos. Ainda, seus advogados defendem que Mayers não pode ser responsabilizado pelas ações de terceiros, que teriam iniciado o conflito, e que as ações do artista não sustentam a acusação de agressão.

A$AP Rocky recebeu apoio de múltiplas personalidades estadunidenses. Kanye West, um dos rappers mais influentes da cena hip hop norte-americana, pediu ao presidente Donald Trump que exigisse à Suécia a soltura do colega. Trump passou então a defender a inocência de Rocky, e inclusive criticou o sistema judiciário do país europeu.

Hoje, o chefe do Estado norte-americano comemorou a decisão do juiz em liberar o músico. "A$AP Rocky solto da prisão e a caminho de casa da Suécia para os Estados Unidos. Foi uma semana complicada, chegue em casa assim que possível", escreveu Trump em seu Twitter, em um trocadilho com o nome artístico do rapper.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo