No Dia Internacional da Cerveja, veja guia prático para entender as principais variedades no mercado

Por Eduardo Ribeiro, Metro Jornal

Existem duas organizações oficiais que cadastraram as cervejas no mundo, BJCP (Beer Judge Certification Program) e BA (Brewers Association). A primeira lista 23 estilos e 79 subestilos, e a segunda elenca 150 subestilos. Essa diversidade faz da bebida descoberta na antiga Suméria, na Mesopotâmia, por volta de 4.000 a.C., uma excelente opção para quem gosta de explorações gustativas.

No Dia Internacional da Cerveja, comemorado hoje, vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre o universo das cervejas especiais, que atrai cada vez mais o interesse dos brasileiros.

A maioria das cervejas são feitas com quatro ingredientes básicos: água, lúpulo, leveduras e malte. O que as diferencia são as famílias. As duas principais são a lager, de alta fermentação, e ale, de baixa fermentação.

Chamamos de ale qualquer cerveja fermentada pela levedura Saccharomyces Cerevisae, que confere aromas e sabores mais complexos, geralmente com notas de frutas e condimentos atribuídos pela levedura. Lager é  qualquer cerveja fermentada pela levedura Saccharomyces Pastorianus. São bebidas que tendem a aromas e sabores vindos do malte e do lúpulo.

Entre os muitos estilos de ales e lagers no mercado, eis aqui alguns dos mais apreciados.

cerveja - estilo Reprodução

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo