Michelle Obama revelou a Meghan Markle o som mais bonito que já ouviu na vida

Por Victória Bravo

A edição britânica de setembro da revista Vogue trará ninguém menos do que Meghan Markle como editora convidada. Para a ocasião, a duquesa de Sussex fez uma entrevista com a ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama.

“Meu primeiro pensamento foi que precisava ser alguém gentil, inspirador, motivador, engraçado, com seriedade e profundidade como leviandade”, escreveu Meghan a respeito. “Meu segundo pensamento: precisava ser Michelle Obama”.

Um dos assuntos mais curiosos que a Michelle revelou a Meghan Markle, foi o som mais bonito que ela já ouviu na vida e a resposta é simples: bebês.

“Quando Malia e Sasha eram recém-nascidas, Barack e eu podíamos perder horas apenas vendo-as dormir. Adorávamos ouvir os pequenos sons que elas faziam – especialmente a maneira como eles cantavam quando estavam mergulhadas em sonhos”, confessou a mãe das meninas que tem 21 e 18 anos atualmente.

Além de falar sobre a aprendizagem de lidar com a personalidade tão diferente das jovens, Michelle também descreveu sua experiência com a maternidade.

“Ser mãe tem sido uma lição de mestre em deixar ir. Por mais que tentemos, há muito o que não podemos controlar. Como mães, nós não queremos que nada ou ninguém machuque nossos bebês. Mas a vida tem outros planos. Joelhos machucados, estradas esburacadas e corações quebrados fazem parte do acordo. O que tanto me humilhou e me encorajou é ver a resiliência das minhas filhas. (…) A maternidade me ensinou que, na maior parte do tempo, meu trabalho é dar a eles o espaço para explorar e desenvolver as pessoas que querem ser. Não quem eu quero que elas sejam ou quem eu gostaria de ser nessa idade, mas quem eles são, lá no fundo. A maternidade também me ensinou que meu trabalho não é intimidar o caminho deles, em um esforço para eliminar todas as adversidades possíveis. Mas, em vez disso, preciso ser um lugar seguro e consistente para eles pousarem quando inevitavelmente falharem; e mostrar-lhes, repetidas vezes, como se levantarem sozinhos”, contou.

View this post on Instagram

Growing up, every time I’d come home from school with a story to share, my mother was there with a snack and a listening ear to hear about what was on my mind. When I came home with a tale about my disastrous second-grade classroom, she marched into the school to figure out what was going on. And as I grew older, including up through my years as First Lady, she was always there for me as a guiding light through whatever fog was clouding my path. She’s always listened more than she lectured; observed more than she demonstrated. In doing so, she allowed me to think for myself and develop my own voice. From an early age, she saw that I had a flame inside me, and she never tempered it. She made sure that I could keep it lit. Mom, thank you for kindling that fire within me, and for your example as a mother and a grandmother to our girls. We would never be who we are today without you. #HappyMothersDay, Mom. Love you. ❤️

A post shared by Michelle Obama (@michelleobama) on

Michelle também mencionou na conversa o que a fez deixar sua carreira como advogada e se tornar reitora associada de serviços estudantis na Universidade de Chicago.

“Quando eu estava na faculdade, pensei que queria ser advogada porque parecia um trabalho para pessoas boas e respeitáveis. Demorei alguns anos para ouvir minha intuição e encontrar um caminho que se encaixasse melhor para quem eu era, por dentro e por fora”, confessou Michelle que se graduou pela Universidade Princeton e Harvard em Sociologia e Direito.

Aqui você pode ler a entrevista completa (em inglês).

View this post on Instagram

We are proud to announce that Her Royal Highness, The Duchess of Sussex is the Guest Editor for the September issue of @BritishVogue. For the past seven months, The Duchess has curated the content with British Vogue's Editor-in-Chief Edward Enninful to create an issue that highlights the power of the collective. They have named the issue: “Forces for Change” For the cover, The Duchess chose a diverse selection of women from all walks of life, each driving impact and raising the bar for equality, kindness, justice and open mindedness. The sixteenth space on the cover, a mirror, was included so that when you hold the issue in your hands, you see yourself as part of this collective. The women on the cover include: @AdwoaAboah @AdutAkech @SomaliBoxer @JacindaArdern @TheSineadBurke @Gemma_Chan @LaverneCox @JaneFonda @SalmaHayek @FrankieGoesToHayward @JameelaJamilOfficial @Chimamanda_Adichie @YaraShahidi @GretaThunberg @CTurlington We are excited to announce that within the issue you’ll find: an exclusive interview between The Duchess and former First Lady of the United States Michelle Obama, a candid conversation between The Duke of Sussex and Dr Jane Goodall, inspirational articles written by Brené Brown, Jameela Jamil and many others. Equally, you’ll find grassroots organisations and incredible trailblazers working tirelessly behind the scenes to change the world for the better. “Guest Editing the September issue of British Vogue has been rewarding, educational and inspiring. To deep dive into this process, working quietly behind the scenes for so many months, I am happy to now be able to share what we have created. A huge thanks to all of the friends who supported me in this endeavour, lending their time and energy to help within these pages and on the cover. Thank you for saying “Yes!” – and to Edward, thank you for this wonderful opportunity.” – The Duchess of Sussex #ForcesForChange

A post shared by The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) on

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo