Daniel Radcliffe se emociona ao ler a nota de suicídio do bisavô e desafaba: 'Foi muito chocante'

Por Victória Bravo

Daniel Radcliffe, que ficou conhecido por seu trabalho na saga de filmes “Harry Potter”, chorou ao ler a carta de suicídio do seu bisavô episódio do programa “Who Do You Think You Are?” da BBC1.

O antepassado do ator de 29 anos, Samuel Gershon, tirou a própria vida após um assalto à sua joalharia em Londres que levou três mil libras em joias, em 1936.

Na época, policiais sugeriram que Gershon estava envolvido no crime e pretendia dar um golpe no seguro, informa o Times.

Um documento do caso dizia: “Os judeus são frequentemente responsáveis ​​pela derrubada de seus próprios estabelecimentos comerciais”.

Radcliffe se emocionou e comentou que a revelação dizendo foi "muito chocante", especialmente por ver que apenas o fato de ser judeu serviu como evidência contra seu parente.

Gershon, que morreu aos 42 anos, estava enfrentando falência. Em sua nota, dirigida a sua esposa Doll, ele dizia: "Posso assegurar meu anjo, que deixar uma garota como você, é mais do que uma chave inglesa".

“Você quer alcançar o passado e simplesmente dizer que seja o que for que você esteja passando, você tem muito a oferecer às pessoas que estão ao seu redor ainda… Você tem muito a oferecer a elas. Todos teriam amado você”, desabafou Radcliffe após ler a nota do bisavô.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo