Euphoria: Cena chocante deixa na dúvida se McKay sofreu abuso sexual

Por Metro Jornal

O sexto episódio de "Euphoria", da HBO, trouxe mais uma cena controversa que rendeu discussão nas redes sociais. Exibido no último domingo (21), "The Next Episode" expõe a história de Christopher McKay (Algee Smith), estrela do futebol americano do colégio que tem problemas em encontrar seu espaço no time da Universidade.

O roteiro gira em torno do feriado de Halloween. McKay e sua namorada, Cassie (Sidney Sweeney), que ainda está no ensino médio, vão a uma festa da faculdade. De volta ao dormitório, um grupo de rapazes mascarados e seminus invade o quarto no momento em que o casal transa.

Aos gritos de "McGay", os colegas arrancam o atleta da cama e o jogam no chão, se atirando sobre ele. A cena não mostra muito além e é tão rápida quanto chocante. Cassie, que troca mensanges com a irmã após a agressão, dá algumas pistas sobre o que pode ter acontecido de verdade. Mas nem ela sabe ao certo. "Ele ficou chorando", escreveu. "Ele está no banheiro agora".

No banheiro, McKay parece muito abalado, mas faz questão de continuar a transa, transferindo para Cassie a agressividade que sofrera momentos antes.

Nas redes sociais, ficou a dúvida do que aconteceu com o jogador de futebol. Ele sofreu abuso sexual? Mesmo se a ação não tenha ido além, foi bastante traumatizante.

Após a exibição, os fãs da história se perguntaram o mesmo: ele foi vítima de abuso?

 

Ator desistiu do personagem

Antes de Smith, McKay seria interpretado por Brian Astro Bradley, que chegou a gravar o piloto. Ele resolveu deixar "Euphoria" logo no início. Segundo o The Hollywood Reporter, algumas fontes disseram que Astro, que participou do reality show "X Factor", ficou desconfortável com cenas que não constavam no script original.

Smith refilmou as cenas de Astro e chegou a falar sobre uma cena que era desafiadora, mas não especificou ser essa. "Tenho uma cena em um episódio e isso realmente me transformou como homem. Foi desconfortável para mim, mas eu tive de aprender a separar o ator de mim mesmo. Eu tive de superar questões de masculinidade, como homem negro eu tive que assumir que é okay ficar nessa posição por um momento".

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo