'Riscos e Rabiscos': Exposição no Farol Santander destaca lado gráfico da cidade

Por Amanda Queirós - Metro São Paulo

Letras compõem palavras, e a forma como elas são desenhadas amplia ainda mais os seus sentidos. A exposição “Riscos e Rabiscos”, que abre nesta sexta-feira (12) no Farol Santander, destaca justamente esse potencial comunicativo dos elementos gráficos que compõem o cenário da cidade.

“Um país pode ser lido de várias formas, não apenas pela saga do progresso. Ele pode ser contado pelo futebol, pela música… Aqui, a história de São Paulo pode ser lida pela tipografia urbana”, afirma o curador Leonal Kaz.

Com expografia de Daniela Thomas e Felipe Tassara, a mostra ocupa dois andares do edifício. De caráter mais didático, o primeiro explica o conceito de tipografia, cataloga fontes encontradas pelas ruas e expõe obras entendem a caligrafia como arte. Já o segundo concentra fotografias que destacam a diversidade histórica de letreiros e cartazes paulistanos.

“Meu trabalho, seja ele comercial ou autoral, é encontrar a voz da letra, um tom que pode ser transmitido visualmente”, afirma Gui Menga, responsável por um painel voltado à caligrafia.

“A gente tenta trabalhar técnicas para dar novos significados [às letras]”, completa Victor Tognollo, que explora a diferença da escrita sobre diferentes materiais.

Serviço

No Farol Santander
Rua João Brícola, 24, Centro – tel.: 3553-5627.
Entre esta sexta-feira (12) e o dia 3 de novembro.
De terça a domingo, das 9h às 20h. R$ 25.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo