Mostra na Cinemateca exibe 20 sucessos lançados em 1999

Por Metro Jornal

Pouco antes de os heróis das HQs ocuparem as telonas com sagas intermináveis, o cinema internacional produziu uma prolífica safra tanto de estéticas quanto de temáticas.

O ano de 1999 contabiliza o lançamento de longas com forte influência na forma de filmar da década seguinte, com a ação de “Matrix”, o suspense psicológico de “O Sexto Sentido” e a violência estetizada de “Clube da Luta”.

Os três filmes integram a mostra “20X1999”, que segue até o dia 14, com sessões de quinta (4) a domingo (7), sempre com entrada gratuita, na Cinemateca Brasileira (lgo. sen. Raul Cardoso, 207, Vila Clementino; tel.: 3512-6111).

A ideia é reunir no mesmo bolo uma coleção de 20 títulos importantes para entender o que acontecia na sétima arte no fim do século 20.
Entre os selecionados estão “Magnólia”, de Paul Thomas Anderson, vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, e “De Olhos bem Fechados”, último longa de Stanley Kubrick.

A mostra também apresenta títulos de países de língua não inglesa, como “Tabu”, do japonês Nagisa Ôshima, e “Mifune”, do dinamarquês Søren Kragh-Jacobsen.

O cinema brasileiro, por sua vez, é representado por “Notícias de uma Guerra Particular”, de Kátia Lund e João Moreira Salles, e “Santo Forte”, de Eduardo Coutinho, que será exibido apenas no dia 13/7, às 20h, em 35mm.

Veja a programação em cinemateca.org.br.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo