Idris Elba rejeita ideia de viver James Bond: 'Se desse ou não certo seria pela cor da minha pele?'

Por Metro Jornal

Depois do vazamento de um e-mail em que Amy Pascal, executiva sênior da Sony Pictures, apostava em Idris Elba como o próximo James Bond em 2014, seguiu-se os rumores de que o ator britânico seria o primeiro ator negro a interpretar o personagem lendário. Junto a isso, muitas opiniões contrárias à ideia, que acabou não se tornado fato. Ainda.

Leia mais:
Tyler James Williams surpreende fãs ao surgir ‘fortão’ no Instagram
Filho de Fabio Assunção faz desabafo sobre vazamento de vídeo íntimo: ‘Não nos derrubará’

"Eu simplesmente fiquei desapontado quando ouvi pessoas dizendo: 'Não é possível'. E no final é por causa da cor da minha pele. E então, se não desse certo, ou funcionasse, seria pela cor da minha pele? É uma posição difícil para me colocar quando eu não preciso disso", disse o ator em entrevista à revista Vanity Fair.

Ele reconhece, no entanto, que o personagem do espião, criado pelo escritor Ian Fleming nos anos 1950, é muito importante. “Claro, se alguém dissesse para mim: 'Você quer interpretar James Bond?' Eu diria: Sim, isso é fascinante'. Mas não é algo que eu tenha dito como 'Sim, eu quero ser O James Bond negro", continuou.

Em 2018, Idris Elba foi escolhido como o homem mais sexy do ano pela revista People. Daniel Craig, atual dono da alcunha 007, vai abandonar o smoking do espião mais charmoso do Reino Unido depois do próximo filme. Sean Connery e Pierce Brosnan também já ocuparam o 'cargo' do agente com permissão para matar.

"Bond é uma das franquias mais importantes do mundo, e, por essa razão, quem quer que seja que acabe trabalhando nela, fica popular por causa disso. Você é AQUELE personagem e conhecido como esse personagem por muitos e muitos anos. Eu estou criando personagens agora que podem ficar populares junto comigo. Não um que me domina e me define totalmente", disse ele.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo