Euphoria: Eric Dane explica os bastidores da controversa cena de nu frontal exibida na estreia

Por Metro Jornal

Antes mesmo de estrear, no último domingo (16), a série "Euphoria" trouxe controvérsia, graças a imensa quantidade de nus por quadro. Uma das cenas mais comentadas foi a sequência de statutory rape (sexo, mesmo que consensual, entre um adulto e um menor de idade) protagonizada por Eric Dane e a atriz trans Hunter Schafer.

Na cena, Dane, que ficou famoso como o Dr. Mark Sloan em "Grey's Anatomy", aparece totalmente pelado, com direito a close na genitália ereta do personagem. Sim, do personagem. Em entrevista à revista Entertaiment Weekly, o ator confirmou o que o criador Sam Levinson já havia dito: foi usada uma prótese em cena.

A sequência, delicada em muitas instâncias, exigiu um terapeuta sexual no set durante a filmagem. "É muito difícil gravar essas cenas. Ajuda ter uma voz no ouvido. Uma voz para quem você pode expressar seus sentimentos e alguém que defenda os atores. Simplifica muito e garante um ambiente confortável e seguro enquanto estamos filmando algo tão desconfortável", disse o ator.

O ator também disse que estava disposto a se despir, literalmente, para o personagem. "Usar uma prótese é um protocolo e algo atencioso com sua parceira de cena", afirmou ele, que chegou a insistir, em determinado trecho, que o artefato fosse dispensado. "Eu sugeri: 'Olha, faz mais sentido não usar uma prótese, estou disposto a isso'. No final das contas, por causa do contexto, nós decidimos que a prótese seria o ideal e chegamos a essa decisão como um grupo", afirmou.

A série é exibida aos domingos, às 22h, na HBO.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo