Grey's Anatomy: Showrunner revela como procediment da vida real inspirou 'cena mais poderosa da série'

Por Victória Bravo

O episódio "Silent All These Years" exibido na temporada 15 chamou a atenção para o abuso sexual e consentimento através da história da mãe biológica de Jo (Camilla Luddington) e a Abby (Khalilah Joi) que foi hospitalizada depois de ser agredido sexualmente.

Com grande audiência e nomeado por diversos meios de comunicação como um dos mais poderosos momentos das 15 temporadas de "Grey's Anatomy", a cena do exército de mulheres no corredor de Grey Sloan Memorial Hospital nasceu a partir da reinterpretação de um procedimento real feito pela roteirista Elisabeth R. Finch.

ft Reprodução / ABC

"Finch assumiu a tarefa de escrever o episódio e por isso ele teve uma experiência anterior visitando o Centro de Tratamento de Violações (UCLA) há alguns anos atrás. Ela visitou o centro e viu como eles protegem alguns pacientes de ver estranhos para que seu trauma não seja acionado novamente. Então Finch pensou em uma situação que seria o oposto: uma sala cheia de mulheres protegendo e dando apoio a uma paciente. E foi assim que o 'Exército Incrível' nasceu ”, comentou Krista Vernoff, showrunner do programa.

Krista e Elisabeth também falaram sobre o desenvolvimento da história e sua importância antes das gravações.

"Nós fizemos a leitura do roteiro. E foi como na igreja. Foi sagrado. Todos ficaram em silêncio, apenas o som de todo mundo chorando foi ouvido. E então nos levantamos para sair do escritório e praticamente todas as mulheres vieram até nós e disseram: 'Eu quero estar nessa cena', disse Elisabeth.

ft Reprodução / ABC

Após uma reação tão sincera da equipe, a produção possibilitou que grande parte das mulheres da família "Grey's Anatomy" aparecesse em cena. Relembre:


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo