MasterChef Brasil: ‘Psicologicamente, não estou muito bem’, diz Lorena

Por Vinícius de Melo - Portal da Band

A enfermeira Lorena Dayse impressionou os jurados do MasterChef Brasil ao preparar um siri-mole empanado no coco com purê de banana, vinagrete de caju e tapioca. Com isso, ela garantiu um lugar no mezanino, apesar de ter feito muitos processos com os itens da Caixa Misteriosa.

"Depois que os chefs falaram, eu fui analisar e eu poderia ter reduzido um pouco o prato. Na minha opinião, o que eu tiraria foi o que a Paola [Carosella] mais gostou, que foi a saladinha de caju com tomate. O restante eu gostei muito e ia deixar no prato, estava bem bom", disse em entrevista ao Portal da Band.

"O meu maior erro foi ter colocado manteiga de garrafa no purê de banana da terra, não ficou bom. Se eu tivesse feito um prato melhor, talvez eu saísse vitoriosa. Mas, na verdade, eu não estava querendo ganhar essa prova não, eu só queria me salvar. Porque eu estou vindo de uma maré de muitas responsabilidades", revelou.

"Eu já vi que, quando você ganha uma prova aqui, você tem um bônus, mas você tem um ônus. E eu estou querendo relaxar um pouquinho porque a outra semana foi muito pesada para mim. Fui capitã de equipe, fiquei na prova de eliminação mesmo vencendo. Não foi fácil para mim, mas eu assumi a responsabilidade. Foi tudo muito difícil e eu estou com muita saudade da minha família", continuou.

"Então, psicologicamente eu não estou muito bem. Tentei me preservar um pouquinho. Para mim, foi melhor ficar nessa zona de conforto agora", completou Lorena. Apesar de abalada, a enfermeira recebeu diversos elogios de Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella por sua receita que valorizou os frutos do mar

"Eu achei a Caixa incrível. Produtos que eu já tinha estudado e que eu admirava, mas que eu nunca tinha tido a oportunidade de cozinhar. Então, eu fiquei feliz, mas com medo. Eu sabia que a maior pegadinha ali era não usar tanta coisa. Era muito produto legal, então a gente fica querendo colocar tudo no prato e eu sabia que essa parte era bem arriscada", explicou a participante.

"Então, tentei pensar bem no que poderia combinar e na segurança. Apostei então no purê de banana da terra com leite de coco fresco e coentro, um siri-mole empanado na farinha de coco e na farinha de cuscuz. Um vinagrete de caju e tomate serve, uma redução de tucupi e um biju. Foram cinco preparos, realmente foi muita coisa", finalizou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo