Turnê inusitada de Bob Dylan inspira documentário de Martin Scorsese que chega à Netflix

Por Metro Jornal

Volta e meia o diretor Martin Scorsese joga suas lentes para astros da música, como George Harrison e o Rolling Stones. Com “Rolling Thunder Revue”, que estreia nesta quarta-feira (12) na Netflix, ele volta a falar de Bob Dylan, com quem já havia trabalhado em “No Direction Home”, de 2005.

O novo longa se debruça sobre gravações feitas nos bastidores de uma inusitada turnê em que Dylan percorreu o interior dos Estados Unidos, em 1975. A ideia do autor de “Blowing In The Wind” era favorecer o surgimento de um caldeirão criativo, e, para isso, ele convocou para a caravana nomes como a cantora Joni Mitchell, o escritor Allen Ginsberg e o dramaturgo Sam Shepard.

Scorsese evoca o espírito errante dessa turnê a partir de mais de cem horas de filmagens de arquivo, bem como depoimentos de atores, como Sharon Stone, contando histórias fictícias sobre suas supostas participações ali.

O filme traz ainda uma rara entrevista com Dylan, a primeira após sua conquista do Nobel de Literatura.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo