Ator de Chiquititas é morto a tiros pelo pai da namorada em São Paulo

Por Metro Jornal

O ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, foi morto a tiros no último domingo (9), na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, na zona sul de São Paulo. Segundo a polícia, o pai da namorada é suspeito de cometer o crime.

Conhecido por interpretar o personagem Paçoca na novela "Chiquititas" e pelo comercial em que pede brócolis à mãe, Rafael e seus pais tinham à casa da família da namorada, Isabela Tibcherani, de 18 anos, para conversar sobre o relacionamento e foram recebidos pela mãe da jovem.

Ao chegar, por volta de 13h50, o pai dela, Paulo Cupertino Matias, atirou em Rafael e nos pais dele, Miriam Selma Miguel, de 50 anos, e João Alcisio Miguel, de 52 anos.

A polícia está atrás de Paulo Matias, de 48 anos, que é conhecido como “Madruga” e tem uma casa de autopeças. Os motivos para o crime ainda não são conhecidos. O caso foi registrado como homicídio consumado no 98º DP.

"Queríamos ser livres para amar"

Nesta segunda-feira (10), Isabela desabafou sobre o ocorrido por meio de suas redes sociais. Pelo Facebook, disse que o casal só queria ser livre para amar, "sem medida". "Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só", escreveu.

Em outra publicação, a jovem compartilhou alguns momentos do casal e deu detalhes sobre o relacionamento "Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder!"

Veja o relato na íntegra:

E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E aconteceu. O melhor dia das nossas vidas, de longe. Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois. Lembra, minha vida, que a gente casou de brincadeira? Trocamos nossas alianças pra mão esquerda e dissemos "Pronto! Casamos!" E quem diria, que eu e você, duas pessoas que não pensavam jamais em casamento, tinham como sonho, desde o dia que nos conhecemos, casar. Casar numa praia linda (mesmo você preferindo o frio e eu o calor), pézinhos na areia, de frente pro mar. A gente casou, meu amor, ontem mesmo, naquele momentinho só nosso e isso ninguém pode tirar. Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo, que me apresentou o amor de verdade, que me salvou e acreditou em mim, quando muitas vezes eu pensei em desistir. Você foi meu pilar, minha força, mesmo enfrentando seus próprios problemas, mesmo vivendo uma luta constante. Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder! Vou conhecer Boston, vou ler sua saga favorita, assistir a melhor série que te fez feliz nos ultimos tempos. Vou fazer o mundo ver você por quem você é! Um herói. Meu herói. E eu sempre serei sua babyzita, sua sunflower, sua ladybug, sua esposa. Eu vou lutar cada dia, sem parar, por nós dois. Me perdoe se eu não disse vezes suficiente que te amo, se briguei com você por bobagens. Você me fez amar os gatinhos, você me mudou desde o primeiro instante, me fez ser mais doce. Me deu a capacidade de ser mais amável. Eu jamais amei alguém como amo você. E jamais amarei outro. You're the one. My husband, my angel, my king. E como nossa frase diz e será eternizada "Together. Always." Eu te amo!

E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E…

Posted by Isabela Tibcherani on Sunday, June 9, 2019


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo