O próprio Paul McCartney adorou esta versão indígena de 'Blackbird'

Por Metro Jornal

O sucesso absoluto dos Beatles, a canção "Blackbird", já foi regravada por todos os artistas e em todos os gêneros que você possa imaginar. Porém um destes covers chamou a atenção do "Sir" Paul McCartney: uma versão cantada no idioma indígena Mi'kmaq, de nativos canadenses.

Em apresentação na cidade norte-americana de Lexington, Kentucky, o cantor elogiou: "Há uma versão incrível feita por uma menina canadense. Está no YouTube, em seu idioma nativo", disse. "É bastante genial".

LEIA MAIS:
Sephora fecha lojas dos EUA para treinamento em diversidade
Cultura Inglesa Festival: conseguiu ingresso e não vai? Dê para outra pessoa!

"Blackbird" é parte permanente do repertório nos shows do britânico, que esteve no Brasil – e em São Paulo – neste ano. A música tem inspiração no movimento dos direitos civis, e foi criada por McCartney para o "White Album" dos Beatles, de 1968.

A versão canadense foi gravada pela jovem cantora de 16 anos, Emma Stevens. Ela teve ajuda de professores e colegas de classe de sua cidade, Eskasoni, no estado da Nova Escócia. Em acústico, Emma canta para alertar sobre línguas ameaçadas de desaparecer.

Confira o cover, que acumula mais de meio milhão de visualizações, abaixo:


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo