MasterChef Brasil: ‘Filho da p***!’, brinca Juliana ao falar de Fernando

Por Band.com.br

Ser capitão de equipe não é uma tarefa fácil no MasterChef Brasil, mesmo quando se sai vitorioso. Prova disso é que Fernando Consoni teve de escolher uma pessoa do seu time para disputar a prova de eliminação, ao lado dos cozinheiros da equipe vermelha. O arquiteto acabou optando por Juliana Nicoli.

"Filho da p***! Foi o que passou na minha cabeça na hora, mais nada", disse a administradora hospitalar aos risos em entrevista ao Portal da Band. "Eu estava preparada e imaginei que ele pudesse me descer do mezanino, até por uma questão de estrutura mental. Então, particularmente, eu já estava esperando", completou.

Leia mais:
Octavia Spencer ressignifica mulheres fortes no longa de terror ‘Ma’; confira entrevista
Cinebiografia de Elton John, ‘Rocketman’ faz cinema se tornar jukebox de hits

O primeiro desafio que Juliana teve de enfrentar foi a prova do kit chef de facas da Tramontina. "Eu estava tranquila porque eu sabia para que serviam todas as facas. Eu estava adorando. Queria que todo mundo saísse porque eu falaria como utilizar cada uma e acabaria a prova ali mesmo. Seria muito mais fácil", afirmou.

Como ninguém errou a mini prova, os cozinheiros foram desafiados a utilizar a faca correta para abrir três ostras. "Eu nunca abri uma ostra na minha vida, foi a primeira vez. Mas o Jacquin abriu uma ostra na minha frente e eu sou muito observadora. Então, eu vi qual erra o macete e ficou fácil fazer o processo", contou a paulista que abriu as ostras mais rápido que o restante, voltando assim para o mezanino.

"Fiquei muito feliz com o meu desempenho. Acho que o MasterChef é isso, se superar principalmente naquilo que você não sabe fazer. E ficou muito fácil depois de ver o Jacquin fazendo. Eu sou muito observadora e quando eu vi que ele virava a ostra, o macete de virar, foi o que me ajudou. Esse é o segredo: virar no lugar certo, soltar e acabou", finalizou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo