Grey's Anatomy: Showrunner revela uma das histórias da 15ª temporada que mais deu orgulho

Por Victória Bravo

Este texto contém spoilers da 15ª temporada!

Chamada carinhosamente pelos criadores de “Temporada do Amor”, a 15ª entrega de episódios de “Grey's Anatomy” sacudiu o coração de muitos personagens e proporcionou reviravoltas que surpreenderam os fãs.

Lembrando-se dos casais e das histórias que a deixaram orgulhosa durante esta estação, a showrunner Krista Vernoff falou sobre a importância do “quinteto amoroso” inesperado entre Amelia (Caterina Scorsone), Owen (Kevin McKidd), Teddy (Kim Raver), Thomas (Gregory Andrew Germann) e Link (Chris Carmack).

“Achei um amorzinho! No final, foi um quinteto amoroso. Eu estava animada para contar essa história porque era muito complicada. Tenho orgulho de termos feito isso durante toda a temporada, sem realmente ter Amelia e Teddy se atropelando, sem se apoiar naquelas brigas que vimos tantas vezes em triângulos amorosos, onde há duas mulheres e um homem”, explicou ao The Hollywood Reporter.

A principal editora e roteirista também mencionou o quão grata foi a decisão de representar os “triângulos amorosos” a partir de uma nova perspectiva e que essa estratégia ajudou a entregar um material que será usado na 16ª temporada.

“Estou orgulhosa de que foi Amelia quem dirigiu para levar Teddy ao hospital no final e depois falou sobre como elas poderiam ser amigas e talvez devessem ser amigas. Estou muito animada como escritora pela complexidade de Teddy e Owen ter aquele bebê e ter declarado o amor deles e, em seguida, procurar por Tom sozinho no quarto que ele está construindo para Teddy e seu bebê. Isso é uma coisa emocionante para uma contadora de histórias, porque deixa um ótimo material para a próxima temporada”, finalizou.

Preparado para ver muito mais sobre este “quinteto amoroso” na próxima temporada?

gif Reprodução / Giphy


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo