Por apoio à extrema direita, Morrissey é banido de loja de discos mais antiga do mundo

Por Angela Correa

O cantor britânico Morrissey acaba de ser banido da loja de discos mais antiga do mundo. A Spiller Records, localizada em Cardiff, capital do País de Gales, anunciou que não comercializará mais os discos do compositor por seu apoio ao partido de extrema-direita For Britain Movement.

A proprietária da Spiller, Ashli Todd, lamentou ter de radicalizar, mas não se arrepende. "Estou triste, mas no final não estou surpresa que a Spiller não consiga mais oferecer os lançamentos de Morrissey. Eu só queria ter feito isso antes", disse a comerciante ao site Wales Online.

Morrissey revelou apoio ao partido em 2018. "Sinto que tenho um partido pela primeira vez", chegou a dizer. O partido foi criado pela ativista Anne Marie Waters, que tem agenda anti-islâmica. Ela chegou até a agradecer publicamente ao compositor, ex- Smiths, pelo apoio.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo