Johnny Depp presta primeiro depoimento à Justiça em caso contra ex-esposa

Por Metro Jornal

O ator Johnny Depp entrou na Justiça contra a ex-esposa, a também atriz Amber Heard, por difamação. Ele prestou depoimento pela primeira vez nesta segunda-feira (20), como parte da ação.

Em entrevista ao jornal Washington Post no fim do ano passado, Heard disse que o ex-marido a ameaçou de morte e comentou sobre como esse episódio repercutiu em sua carreira. "Eu levantei a voz contra a violência sexual e enfrentei a ira da nossa cultura. Isso tem que mudar", disse à época.

Leia mais:
O que o Metro Jornal achou do fim de ‘Game of Thrones’
Cannes: Jantar de premiação é interrompido após desmaio de Elle Fanning

Contudo, Depp negou todas as acusações no depoimento desta semana, afirmando, inclusive, que foi o oposto disso: ele que sofreu nas mãos dela. A revista People teve acesso aos documentos e publicou as declarações.

"Eu nunca abusei dela ou de qualquer outra mulher. Ela era a perpetradora e eu era a vítima. Enquanto misturava uma prescrição de anfetaminas e medicamentos sem receita médica com álcool, a senhora Heard cometeu inúmeros atos de violência doméstica contra mim", afirmou o ator.

Ele também alega que essas situações foram presenciadas por testemunhas. Em alguns momentos, chegou a sofrer agressão física. "Ela me socou e chutou. Repetidamente jogou objetos em meu corpo e cabeça, incluindo garrafas pesadas, latas de refrigerante, velas acesas, controles remotos de televisão e latas de tinta", disse.

O advogado da atriz, Eric George, disse que as acusações são falsas e partem de uma premissa de tentar limpar a imagem do ator, que tem sido rejeitado para trabalhos e pelo público nos últimos anos por conta desse caso.

Johnny Depp e Amber Heard se separaram no início de 2016, após ela entrar com uma ordem de restrição por uma acusação de violência doméstica. Em agosto daquele mesmo ano, entraram em um acordo de 7 milhões de dólares (cerca de R$ 28 milhões), concluindo o divórcio e os impedindo de discutir o relacionamento publicamente. O caso entrou em discussão pública quando a atriz publicou fotos com hematomas e um vídeo em que aparece discutindo com o então marido.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo