Game of Thrones: Diretor defende arco de Daenerys Targaryen na última temporada

Por Metro Jornal

ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS DA OITAVA TEMPORADA DE "GAME OF THRONES".

Diretor de alguns dos melhores episódios de "Game of Thrones" – como o Casamento Vermelho e o assassinato de Jon Snow –, David Nutter defendeu o arco de Daenerys Targaryen na última temporada da série. Neste ano, coube a ele a direção dos episódios um, dois e quatro. Neste último, foi possível sentir uma forte mudança de rumo na personagem de Emilia Clarke, a rainha Daenerys Targaryen.

"Há realmente a sensação de que a personagem dela está se sentindo isolada. . Ela percebe que não conta mais com Jorah Mormont. Também ouve Tormund dizendo que Jon é um rei, porque ele voou em um dragão e combateu pilotando o dragão, quando ela mesma faz isso o tempo todo e não recebe reconhecimento", explicou Nutter, em entrevista ao jornal The New York Times sobre a última temporada da série.

Leia mais:
Fãs de Game of Thrones fazem abaixo-assinado exigindo refilmagem da 8ª temporada
Atrizes de ‘Game of Thrones’ dizem o que acham da oitava temporada

Na sequência da cena inicial de "Os Últimos Starks", Dany tenta convencer Jon a não revelar sua verdadeira origem às irmãs. Seu desespero é tanto, que ela chega a ordená-lo, como rainha, a ficar em silêncio sobre o assunto. "Creio que, pelo final daquela sequência, ela está verdadeiramente determinada – uma sensação importante e poderosa, mas também com algo de ameaça", diz.

No final do episódio, embora Lord Varys e Tyrion Lannister implorem para que ela pense melhor, Dany diz, muito calma, porém firme, que essa é a decisão final, porque é assim que ela está ordenando. "Eu achei que essa era uma maneira muito mais assustadora de resistir a eles, em lugar de reagir com histeria ou algo parecido", defende.

Para Nutter, esse foi o episódio em que ele mais exigiu da atuação de Emilia Clarke. "Eu também queria preservar a capacidade dela de usar seu rosto para refletir como sua personagem se sente. Há uma ira que emana de Emilia que eu nunca tinha visto em Dany. Tenho medo do que ela fará a seguir", conclui.

Não é muito difícil entender, portanto, porque, ainda que de forma muito acelerada, Dany tem se tornado o que mais temeu ao longo de toda a série: se tornar a Rainha Louca, destino de seu pai tantos anos antes. Resta saber se essa fatalidade será selada no próximo – e último – episódio do programa.

"Game of Thrones" encerra no domingo (19), às 22h, na HBO, após nove anos na grade da emissora.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo