The Big Bang Theory: Os nerds dizem adeus nesta quinta-feira

Por Metro Jornal

Despretensiosa e ingênua, “The Big Bang Theory” poderia ter sido apenas mais uma das dezenas de sitcoms que nascem e morrem todos os anos na TV americana. Sua capacidade de captar o sinal dos tempos, no entanto, a transformou em um fenômeno cultural que encerra seu ciclo nesta quinta-feira (16) com a exibição do último capítulo da série nos Estados Unidos.

Leia mais:
Gabriel, O Pensador muda antiga letra para promover respeito às mulheres; confira a nova ‘Lôraburra’
Disney assume controle da Hulu, produtora de The Handmaid’s Tale

Ao longo de 12 temporadas, a produção criada por Chuck Lorre e Bill Prady ganhou popularidade ao acompanhar uma mudança da percepção da sociedade em relação aos nerds, que passaram a ditar os rumos da cultura pop ao transformar seus gostos em algo hegemônico – vide o domínio dos filmes de super-heróis dos quadrinhos no cinema.

Outro trunfo de “The Big Bang Theory” foi escalar Jim Parsons para o papel do excêntrico cientista Sheldon Cooper. Ao mesmo tempo irritante e carismático, o personagem lhe rendeu quatro vezes o Emmy de melhor ator em série de comédia, bem como um Globo de Ouro.

Esse combo fez com que a produção se tornasse a sitcom mais vista nos Estados Unidos, com 19 milhões de espectadores por episódio desde a sua sexta temporada.

O sucesso também é sentido nas cifras: estima-se que cada um dos sete atores do elenco principal receba em torno de US$ 900 mil (R$ 3,5 milhões) por cada capítulo.

O valor foi ajustado em 2017, quando o quarteto masculino que inicialmente protagonizava a série sozinho aceitou diminuir seu cachê para reforçar o pagamento do elenco feminino, que começou a ganhar peso semelhante na produção. A decisão sintonizou com o discurso em prol da diversidade sustentado pela própria trama.

E o que é possível esperar do derradeiro episódio de “The Big Bang Theory”?

Agora casados, Sheldon e Amy (Mayim Bialik) têm a chance de conquistar o Prêmio Nobel de Física com o qual ele sonha desde a primeira temporada.

Já o casal formado por Leonard (Johnny Galecki) e Penny (Kaley Cuoco) decidiu não ter filhos, mas não será surpresa se o físico mudar de opinião após finalmente ter se acertado com a própria mãe.

Enquanto isso, Howard (Simon Helberg) e Bernadette (Melissa Rauch) seguem conciliando a dupla jornada de cientistas e pais de um casal de bebês, enquanto Raj (Kunal Nayyar) pode encontrar, enfim, um amor, após quase ter topado um casamento arranjado para não ficar atrás dos amigos.

O público brasileiro vai ter que esperar um pouquinho mais para dar adeus aos cientistas pop: o episódio final, com uma hora de duração, vai ao ar por aqui apenas no dia 2 de junho, às 22h, no canal pago Warner.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo