Museu Afro Brasil faz exaltação a Bahia em nova exposição

Por Metro São Paulo
‘Festa de N. Sra. da Conceição da Praia’ (1968), de Carlos Bastos ‘Festa de N. Sra. da Conceição da Praia’ (1968), de Carlos Bastos / Divulgação

Um estado repleto de expressões e variedades culturais, com seus traços únicos, a Bahia é a homenageada da nova exposição que o Museu Afro Brasil inaugura nesta terça-feira (7): “A Cidade da Bahia, das Baianas e dos Baianos Também”, com curadoria de Emanoel Araújo.

O núcleo central da mostra é composto pelo modernismo baiano, com telas de Carlos Bastos (1925 – 2004), tapeçarias de Genaro Antônio Dantas de Carvalho (1926 – 1971), esculturas em ferro de José Adário dos Santos, esculturas de Rubem Valentim (1922 – 1991), além de joias de Waldeloir Rego (1930 – 2001).

Fotografias e pinturas de personalidades baianas do século 20 também ocupam o espaço, além do cinema, com a exibição de filmes ligados ao imaginário baiano como: “Barravento” (1962), dirigido por Glauber Rocha, ou “Bahia de Todos os Santos” (1960), de Trigueirinho Neto.

No Museu Afro Brasil
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, pq. Ibirapuera
Tel.: 3320-8900.
De terça a domingo, das 10h às 17h
R$ 6 (grátis aos sáb.)
Até 1º de setembro.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo