Antes mesmo de se formar em Direito, Kim Kardashian já 'libertou' 17 detentos

Por Metro Jornal

Não é segredo que Kim Kardashian está estudando Direito e quer conciliar a carreira com os filhos e empresas em que está à frente. Mas, antes mesmo de conseguir um registro no BAR (órgão equivalente à OAB) a socialite já está atuando, com a ajuda da equipe legal que a assessora.

Leia mais:
Kim Kardashian ignora críticos e se dedica a curso de Direito
Kim Kardashian está estudando para ser advogada

Segundo o site TMZ, Kim tem trabalhado ativamente nos últimos três meses e já ajudou a libertar 17 pessoas, presas por delitos leves, em geral ligado a drogas. Esses detentos nunca receberam o benefício de liberdade condicional.

Trata-se da campanha "90 Dias de Liberdade", que foi lançada pela advogada Brittany K. Barnett, que faz parte do time que trabalha para Kim, com o também advogado MiAngel Cody, do The Decarceration Collective.Kim está bancando todo o processo.

Histórico

Em 2018, Donald Trump assinou o First Step Act, que reforma o sistema carcerário e tem medidas que visam evitar a reincidência de crimes. É a partir dessas mudanças que os advogados do 90 Dias de Liberdade tem trabalhado.

Por conta do que foi considerada uma epidemia de drogas nos anos 1980, o Congresso americano impôs penas muito mais severas a qualquer delito que envolvesse entorpecentes.

 

 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo