Belas Artes respira: Após risco de fechar, tradicional cinema mantém programação com nova parceria

Por Metro Jornal São Paulo

O Cine Belas Artes ganha um novo respiro. Foi anunciada ontem a parceria com a marca de cerveja Petra, que passará a patrocinar o cinema em troca de uso do espaço para divulgar sua marca.

O anúncio foi feito cerca de dois meses depois de o presidente Jair Bolsonaro retirar patrocínios de empresas estatais, entre eles, a Caixa, financiava o local desde 2014.

Perto de novamente fechar as portas, o tradicional espaço, inaugurado em 1967, precisava de uma verba anual mínima de R$ 2 milhões, que pudesse ao menos bancar o aluguel do espaço.

A negociação envolve os naming rights do local, que já passa a se chamar Petra Belas Artes. A parte visual, com a marca da cerveja, deve ser colocada até o fim da semana que vem. O contrato é válido por cinco anos. “O marketing já passou da fase de deixar de se posicionar. É preciso tomar atitude para fazer algo pelo Brasil”, disse Eliana Cassandre, gerente de propaganda do Grupo Petrópolis.

Novidades

Coordenador do cinema e ex-secretário municipal de cultura, André Sturm garantiu que o Belas Artes terá mudanças. Além de filmes, o espaço vai receber eventos musicais e de artes cênicas, a partir de julho ou agosto.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo