Após treze anos sem lançamentos, Jorge Mautner volta a ativa com novo álbum

Por Metro Jornal
capa jorge mautner

Há tempos Jorge Mautner não lançava um trabalho de inéditas, exatos 13 anos, mas a história recente do país inspirou o artista a escrever e lançar “Não Há Abismo em que o Brasil Caiba”, que será apresentado ao vivo, amanhã e quinta, no Sesc 24 de Maio.

O título, aliás, é de autoria do filósofo português Agostinho da Silva (1906 – 1994), dita na época da crise do presidente Fernando Collor. Mais atual, impossível.

Leia mais:
Morre o diretor John Singleton, de ‘+Velozes +Furiosos’
Netflix divulga trailer da segunda temporada de O Mecanismo; série volta em maio

O trabalho é uma parceria com a banda Tono, que tem entre seus músicos, Bem Gil. Essa união vem desde 2013 e rendeu dessa vez uma reflexão sobre a sociedade atual brasileira, com sua maravilhas e tristezas.

Um desses momentos mais marcantes fica na música “Marielle Franco”, escrita por um impactado Mautner na noite do assassinato da vereadora. Nas 13 músicas restantes, destaque para uma, feita apenas em violão e voz de Mautner, “Destino”, algo inédito em sua produção em todos esse anos.

Apesar de algumas tristezas, Jorge Mautner gosta de cantar o belo, e no fim das contas, “Não Há Abismo em que o Brasil Caiba”, apesar do título, acaba se tornando uma declaração de amor.


Serviço
No Sesc 24 de Maio (r. 24 de Maio, Centro; tel.: 3050-6300). Amanhã, às 18h; qui., às 21h. R$ 40.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo