Game of Thrones: 'Pensei que todo mundo ia odiar', disse Maisie Williams sobre conclusão da guerra contra os mortos

Por Metro Jornal

ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS DO SEGUNDO EPISÓDIO DA OITAVA TEMPORADA DE "GAME OF THRONES".

A heroína desta noite de domingo (29) em "Game of Thrones" não tinha certeza se o público receberia bem a conclusão do episódio. Isso porque foi revelado que é a jovem Arya Stark quem mata o temido Rei da Noite.

Leia mais:
A Dona do Pedaço: Fernanda Montenegro e Jussara Freire honram título da novela
Samantha! Na segunda temporada, protagonista tenta se reinventar

"Eu imediatamente pensei que todo mundo ia odiar, que todo mundo ia achar que Arya não merecia isso", disse Maisie Williams em entrevista a revista Entertainment Weekly. Ela contou também que demorou para saber disso, porque tinha optado por não ler os roteiros antes dos ensaios.

"Eu fiquei desesperada. Saí perguntando para todo mundo: 'O Rei da Noite morre? Quem mata ele?".

"A coisa mais difícil em uma série como esta é que você coloca muita expectativa em cima de um vilão impossível de derrotar, mas daí você tem que derrotá-lo. É preciso fazer isso de forma inteligente, ou se não todo mundo pensa: 'Ele não era tão poderoso, essa garotinha matou ele"", explicou a atriz.

Contudo, se considerar que Arya foi treinada ao longo de oito temporadas para ser uma assassina, faz sentido que ela tenha sido a executora. "É tudo para chegar neste exato momento. É inesperado, mas 'Game of Thrones' sempre é. Foi aí que eu pensei: 'F***-se, esse é meu momento"", comemorou.

Vale lembrar que a adaga que Arya Stark utilizou foi entregue a ela por seu irmão, Bran. Mas a arma já está presente na série há mais tempo: desde a primeira temporada ela já esteve envolvida em grandes momentos, passando pelas mãos de Jeoffrey Baratheon, Mindinho e ninguém menos que Rhaegar Targaryen, o pai de Aegon/Jon Snow.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo