Mostra no MIS projeta realidade virtual com a islandesa Björk

Por Estadão Conteúdo

O Museu da Imagem e do Som (MIS) iniciou nesta sexta-feira, 26, a venda de ingressos antecipados para a mostra Björk Digital, projeto de realidade virtual da cantora islandesa. As entradas podem ser compradas por R$ 30,00 (inteira) e R$ 15 (meia), no site e aplicativo da Ingresso Rápido.

Inspirada nos trabalhos de Björk, a mostra é apresentada como uma "exposição-instalação". Seis trabalhos da cantora, conhecida por experiências de vanguarda na música, na arte visual e na tecnologia, serão exibidos na mostra. Todos pertencem ao seu penúltimo álbum, Vulnicura (2015). São eles Stonemilker, Black Lake, Mouth Mantra, Quicksand, Family e Notget. Os visitantes terão acesso a óculos de realidade virtual para acompanhar as exibições.

O projeto educativo Biophilia, baseado no álbum homônimo de 2011, também será apresentado na exposição. O público poderá ainda assistir aos clipes mais icônicos da carreira da artista, que já trabalhou com diretores como Michel Gondry, Spike Jonze e Andrew Huang.

Antes de chegar ao Brasil, a mostra passou por Sydney (Austrália), Tóquio, Barcelona, Cidade do México, Moscou, Montreal, Londres e Los Angeles, entre outras. A curadoria é do Manchester International Festival (MIF). A exposição estará em São Paulo entre os dias 18 de junho e 18 de agosto.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo