Blue Note: De Nova York, um dos mais relevantes templos dedicados ao jazz no mundo ganha filial na avenida Paulista

Por Eduardo Ribeiro - Metro São Paulo
Blue Note Divulgação

São Paulo recebe, após um investimento de cerca de R$ 3,2 milhões, uma filial do famoso clube de jazz Blue Note. A negociação durou cerca de um ano, mas no fim os sócios conseguiram o imóvel, com sacada que dá vista para a rua, no segundo andar do Conjunto Nacional, na Av. Paulista.

Inaugurado em 1981, em Nova York, o Blue Note se tornou lendário pela qualidade acústica e o clima intimista, que permite ao público ficar bem próximo dos artistas.

Veja também:
Conheça o Smithsonian Channel, canal voltado para quem busca diversão inteligente
Netflix: Todas as novidades já anunciadas para maio; veja lista

São oito filiais no mundo; uma, carioca, inaugurada em 2017. “Mesmo quem já esteve no Blue Note de Nova York vai concordar comigo que a casa de São Paulo é muito mais bacana”, disse Luiz Calainho, um dos sócios – ao lado de Daniel Stain, Flavio Pinheiro, Marcelo Megale e Facundo Guerra -, na inauguração. Acontecem dois shows por noite (às 20h e às 22h30) com ingressos entre R$ 120 e R$ 480. A carta de drinks é do Mestre Derivan (a partir de R$ 19), e a gastronomia, da chef Daniela França Pinto (porções custam R$ 25 em média).

Serviço: Avenida Paulista, 2.073, 2º andar, Consolação. Abre às 18h30. Ingressos: tudus.com.br

Mais som

  • All of Jazz
    Há 30 anos no Itaim, a casa agrada por sua iluminação rarefeita, com as mesas muito próximas do cantinho onde ficam as bandas. Com 60 lugares, oferece carta de drinques e cardápio enxuto.
    R. João Cachoeira, 1366, Itaim Bibi. Abre às 20h30. allofjazz.com.br
  • Madeleine
    Os shows abrangem todas as vertentes, numa programação que combina bandas residentes e apostas. Já ganhou vários prêmios de música ao vivo, bar de jazz e para ir a dois.
    R. Aspicuelta, 201, Vila Madalena. Abre às 19h. madeleine.com.br
  • Jazz nos Fundos
    Continua no mesmo terreno. A diferença é que agora encontra-se no subsolo de um sobrado. O espaço foi batizado de Centro Cultural de Música Instrumental, idealizado em 2016.
    R. Cardeal Arcoverde, 742, Pinheiros. Abre às 20h. jazznosfundos.net
  • Bourbon Street
    O mais pop dos clubes de jazz. Até final de maio, em comemoração aos 25 anos da casa, os primeiros 25 clientes com mais de 25 aniversários não pagam couvert artístico.
    R. dos Chanés, 127, Moema. Abre às 20h. bourbonstreet.com.br

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo