Centro de diagnóstico de herpes nos EUA registra 20 vezes mais pacientes após festival Coachella

Por Metro Jornal

O festival de música Coachella acontece em dois finais de semana no estado da Califórnia, EUA. Neste período, o centro de diagnósticos virtual HerpAid registrou um crescimento em mais de 20 vezes na procura por tratamento e diagnóstico de herpes, doença sexualmente transmissível.

LEIA MAIS:
DJ Rennan da Penha, organizador do Baile da Gaiola, se entrega à polícia em condenação polêmica
Xuxa Meneghel revela que sua filha Sasha já lhe perguntou sobre maconha

As áreas em que a procura cresceu concentraram-se na própria cidade de Coachella, bem como locais ao redor. Em um dia comum, o HerpAid registra em torno de 12 pacientes. Porém nos primeiros dias de festival, quase 250 pessoas procuraram o serviço. Desde então, mais de 1.105 casos passaram pelo site.

Transmitida por um vírus, a herpes é uma doença comum, que causa feridas geralmente ao redor da boca ou na região dos órgãos genitais. O HerpAid funciona virtualmente, permitindo que pacientes tirem fotos de áreas afetadas e sejam atendidos em cerca de duas horas com conselhos e, até, prescrição de medicamentos.

Embora o aumento da transmissão de DSTs no festival não seja muito discutido pela comunidade médica, aqueles que o frequentam costumam fazer piada do assunto nas redes sociais. "Se você não voltar drogado, sem um sapato, com gripe e herpes, você realmente foi ao Coachella?", escreveu um usuário em abril de 2015.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo