Mateus Solano e Luis Miranda enfrenta correria de ‘Irma Vap’; peça estreia nesta sexta

Por Metro Jornal

Apesar de escrita por um americano, “O Mistério de Irma Vap” (1984), de Charles Ludlam, se tornou um marco do teatro brasileiro ao ficar em cartaz por 11 anos seguidos em uma divertida montagem que eternizou a parceria entre Ney Latorraca e Marco Nanini.

Embalada pelo que o autor chamou de “melodrama vitoriano” e impulsionada por ares de terror cômico, a história ganha agora uma nova versão estrelada por Luis Miranda e Mateus Solano, que estreia nesta sexta-feira (12) no Teatro Porto Seguro.

Leia mais:
‘Liberdade não significa que você possa fazer o que quiser’, diz Antônio Fagundes
Game of Thrones: Morre, sobrevive ou vira White Walker? Faça download do jogo de apostas da última temporada

Dirigida por Marília Pêra (1943-2015), a montagem original ficou conhecida pela verdadeira maratona de troca de figurinos encabeçada pelos atores, às voltas com a missão de interpretar todos os personagens da peça, que gira em torno de Lady Enid, nova mulher de Lord Edgar. Ela precisa lidar com a rivalidade da governanta da casa, enquanto se adapta ao fato de seu novo lar ser mal-assombrado.

A concepção do diretor Jorge Farjalla desloca a ambientação para um trem-fantasma de um parque de diversões e faz com que a troca de figurinos aconteça às vistas do público, que poderá acompanhar de perto como os atores entram e saem de seus papéis com desenvoltura.

Para isso, Farjalla se inspirou na estética de filmes B dos anos 1980, bem como no emblemático clipe de “Thriller”, de Michael Jackson. A versão do diretor também dá destaque às várias citações de Shakespeare presentes do roteiro da peça.


Serviço
No Teatro Porto Seguro (al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel.: 3226-7300). Estreia hoje. Sex., às 21h, sáb., às 18h e 21h; dom., às 16h e 19h. De R$ 80 a R$ 150. Até 16/6.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo