Atribuído a Leonardo da Vinci, quadro de arte mais caro do mundo 'desapareceu'

Por Ansa

Vendido pelo valor recorde de US$ 450,3 milhões (R$ 1,5 bilhão na cotação da época) em novembro de 2017, o quadro "Salvator Mundi", atribuído a Leonardo da Vinci, estaria desaparecido desde que deixou os salões da casa de leilões Christie's, em Nova York.

Um mês após a histórica venda, o departamento de cultura de Abu Dhabi anunciou que a pintura – que retrata Jesus Cristo com uma bola de vidro na mão – seria exposta em uma filial do Museu do Louvre no emirado, mas uma exposição da obra prevista para setembro passado foi cancelada sem explicações.

Desde o leilão, segundo uma reportagem do jornal The New York Times, não há sinais do paradeiro de "Salvator Mundi". De forma privada, de acordo com o diário, funcionários do Louvre de Abu Dhabi dizem não saber onde está a pintura, mas ninguém comenta o caso abertamente.

O NYT diz que o governo da França ainda espera exibir o quadro em uma exposição "histórica" no Louvre de Paris no fim de 2019, quando se celebra o 500º aniversário da morte de Da Vinci.

Veja também:
Festival É Tudo Verdade suspende programação no Rio por conta das chuvas
O estranho caso da mulher que viveu 99 anos sem saber que seus órgãos estavam invertidos

"Salvator Mundi" foi adquirido de forma anônima, mas diversas reportagens feitas em 2017 revelaram que o comprador era ligado ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, líder "de facto" do país.

O jornal americano especula que o próprio "MbS" tenha desistido de ceder a obra a Abu Dhabi e decidido ficar com ela, mas outra hipótese é de que o real proprietário tema o escrutínio do público e de especialistas – a atribuição do quadro a Da Vinci não é unânime no mundo da arte.

"É muito injusto privar os amantes da arte e muitas outras pessoas que se sentiram comovidas por essa pintura, uma obra-prima tão extraordinária", disse ao New York Times Dianne Modestini, professora do Instituto de Belas Artes da Universidade de Nova York.

Salvator Mundi Leonardo da Vinci Reprodução
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo