Lollapalooza: Tribalistas leva alegria e brasilidade ao palco Budweiser

Por Luccas Balacci, Metro Jornal

O Tribalistas trocou carinho com o público do palco Budweiser no primeiro dia do Lollapalooza, nesta sexta-feira (5). Com músicas dos dois discos homônimos, de 2002 e 2017, o trio e banda arrancou coros de fãs e aplausos daqueles que aguardavam o Arctic Monkeys, grande atração da noite.

Claro que os destaques foram os sucessos do disco de estreia dos Tribalistas. "Nossa Infância" e "Já Sei Namorar" foram cantadas a planos pulmões, assim como alguns sucessos da carreira solo de Marisa Monte.

Ao longo do show, fica claro que o trio passou por uma direção para a construção do show. São poucas as interações e há momentos que eles até fazem leves coreografias.

Antes do samba de "Universo ao Meu Redor", Carlinhos Brown convidou, sem sucesso, o público para imitar um pássaro. Já na música seguinte, "Infinito Particular" o músico já conseguiu arrancar uns passos de uma "dança coletiva". Sua versatilidade musical, porém, conquistava gritos a cada troca de instrumento.

Arnaldo Antunes, com a voz grossa, arrancava suspiros sempre que recitava um poema. Ele era o mais tímido do trio, apesar de uma animada dança no meio do show.

A estrela que brilhava no centro do palco era sempre Marisa Monte. Tanto na sua voz, que não escapa nem um momento do tom, quanto na sua rouba, cheia de brilhantes que refletia as luzes do palco Budweiser – era até difícil para quem estava longe do palco enxergar seu rosto.

No fim, o Tribalistas saiu ovacionado como o supergrupo de três importantes músicos e compositores que é. E aqueles que pensaram que a banda não tinha o perfil do Lollapalooza, pensem de novo.

SETLIST:

Tribalistas
Carnavália
Um só
Vilarejo
Fora da memória
Diáspora
Um a um
Velha infância
É você
Aliança
Sem você
Universo ao meu redor
Infinito particular
Amor I Love You
Depois
Trabalivre
Passe em casa
Não vá embora
Já sei namorar

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo