Lollapalooza 2019: Portugal. The Man conquista glória internacional no meio da carreira com o hit ‘Feel It Still’

Por Amanda Queirós - Metro São Paulo
selo lollapalooza

Toda banda busca algum tipo de sucesso, e os americanos da Portugal.The Man achavam que já tinham conquistado o quinhão deles ao abrir os shows de grupos como o The Black Keys ou mesmo se apresentar no Lollapalooza.

Tudo isso foi redimensionado, em 2017, com o sucesso internacional do single “Feel It Still”, oriundo do oitavo disco do grupo, “Woodstock”, que ocupou o topo do ranking de músicas mais ouvidas em países tão distintos quanto México e Rússia.

Leia mais:
Destaque goiano do Lollapalooza, Carne Doce busca a quebra de expectativas; leia entrevista completa
Estreia no Lollapalooza, BRVNKS fala sobre amadurecimento e o novo single ‘Fred’ — leia entrevista

“Se soubéssemos o que aconteceria, teríamos feito isso desde o início! (risos) Mas a verdade é que isso exigiu bastante trabalho. Passamos anos na estrada esperando que as pessoas se conectassem com uma música nossa como elas se conectam com ‘Feel It Still’”, afirma o guitarrista Eric Howk, que toca com o grupo, nesta sexta-fera, no Lollapalooza Brasil.

Com citações sonoras à sessentista “Please Mr. Postman”, a faixa tem um som dançante que fez essa trupe de roqueiros do Alasca vencer o Grammy de melhor performance pop por dupla ou grupo. Ainda assim, Howt valoriza o fato de a banda abrir mão de samplers e tocar todos os instrumentos ao vivo – algo cada vez mais raro em shows.

O frenesi em relação a “Feel It Still” aumenta a expectativa pelo lançamento do próximo álbum, que, segundo o guitarrista, está próximo. “Ainda não temos um nome, mas temos músicas ótimas.”

O Portugal. The Man tem uma veia política forte e abraça causas que vão desde saúde mental à educação musical.

No último fim de semana, o grupo se posicionou contra a privatização da água no Lollapalooza Chile. “O ativismo vai estar sempre próximo do nosso coração. Vamos fazer de tudo para dar voz a todos que a administração Trump tenta silenciar”, diz ele.

Quem conhece a banda sabe que o nome foi escolhido de forma aleatória, mas será que eles já aprenderam algo de português? “Consigo dizer ‘obrigado’, mas se vocês puderem me ensinar um pouco, vou me esforçar para aprender!”, conclui Howt.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo