MasterChef Brasil: Sou mesmo desastrada, diz Haila, que derrubou ovos durante prova

Por Vinicius Melo - Portal da Band

Se a primeira impressão é a que fica, Haila Santuá teve dificuldades de causar uma boa impressão nos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin com sua (falta de) organização na cozinha. Durante seu embate, a goiana acabou se atrapalhando e derrubou um bowl cheio de ovos e limões no chão.

Leia mais:
MasterChef Brasil: Dona Fátima tem irmã gêmea e sonha ensinar culinária para crianças, saiba mais sobre a ‘musa’
MasterChef Brasil: ‘Uso óculos de natação para cortar cebola’, revela Imaculada

"Eu estava bem concentrada, por mais que a minha prova tenha sido uma catástrofe. Eu sou mesmo desastrada, eu sou daquele jeito, então eu usei a minha concentração para voltar ao jogo. Estava dando tudo errado porque eu fiquei muito desestruturada. A minha massa estava dando errado e ela era a base da minha sobremesa", explicou a participante em entrevista ao Portal da Band.

"Então eu respirei e falei: 'Eu preciso da Haila aqui, agora. Não tenho um segundo'. Respirei, limpei a mente e fiz o que tinha que fazer. Dali cinco minutos o meu recheio já estava pronto, o meu segundo recheio também, o meu merengue estava pronto e eu já estava montando a torta", completou a goiana que preparou uma torta de limão para os jurados.

Apesar da agilidade após as trapalhadas, Haila não estava confiante do resultado final. "No último minuto de prova, eu fui ajudar a Dona Fátima com o maçarico dela. Esse minuto era o que eu tinha guardado para fazer a decoração da torta e eu não consegui fazer a decoração. Então, a massa não estava 100% e eu não tinha feito a decoração, por um motivo que eu escolhi. Estava nas mãos de Deus", afirmou.

"Deu certo. Quando eu ganhei o avental, pareceu que eu estava dentro do meu próprio sonho. Foi surreal, porque os elogios me emocionaram muito. Eu esperava ganhar o avental, mas não esperava ganhar um presente em palavras. Foi surreal, o melhor momento da minha vida, sem dúvidas", completou.

Questionada se futuramente será designada a fazer as sobremesas em provas em equipe, a participante acredita que sim. "Pelo que eu pude perceber, nessa competição não tem muita gente com afinidade com confeitaria. Então, acredito que sim. Eu não acho ruim, porque eu gosto de fazer, mas não é que eu tenha habilidade só nisso. Estou aqui para cozinhar e o que vier eu vou fazer", garantiu.

Por fim, Haila garante que será uma jogadora justa. "Quando eu ajudei a Fátima, eu não pensei no meu avental – eu podia ter perdido o avental por causa daquele minuto. A Haila é coração. Eu sempre sou justa. Acredito que eu vou ser esse tipo de jogadora, que acredita que o sucesso não depende do fracasso do outro. Meu sucesso depende do meu esforço e da minha dedicação", finalizou.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo