Para 'quebrar estigma', atriz de Desperate Housewives conta como sobreviveu ao câncer anal

Por Juliana Santos

Uma atriz norte-americana compartilhou sua experiência com um câncer que sofre com tabus e estigmas na sociedade: o câncer anal. Marcia Cross, 57, falou à revista People sobre como superou a doença, e também a vergonha em falar abertamente sobre ela.

LEIA MAIS:
Pais do DJ Avicii criam fundação de prevenção ao suicídio

Cross ganhou fama após participar da série Desperate Housewives. Nela, interpretou a conservadora dona de casa Bree Van de Kamp, e no papel, foi indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro. A série terminou em 2012 após oito temporadas.

Em 2017, Marcia Cross descobriu a doença durante um exame de rotina no ginecologista. Após duas biópsias, o câncer foi confirmado, e deu-se início a um tratamento de seis semanas com radio e quimioterapia.

Cross disse que, após ler sobre o difícil tratamento que teria de fazer, ela decidiu procurar o humor em tudo.

"No começo, eu me deitava para começar o exame e deixava a mente viajar", diz, entre risos. "O que mais você pode fazer?"

Apesar da experiência traumática, hoje Marcia fala sobre a doença de maneira descontraída, sem poupar detalhes constrangedores, porém divertidos.

"Eu li muitas histórias de sobreviventes do câncer, e muitas pessoas, principalmente mulheres, tinham vergonha de dizer qual tipo de câncer elas tinham", conta. "Existe muita vergonha sobre isso. Eu quero que [a vergonha] acabe."

A atriz também chamou atenção para os sintomas – que incluem sangramento no ânus, dor, coceira e nódulos. Ela fala sobre a importância de falar sobre qualquer desconforto com um médico.

"Se algo não parece certo, ouça seu corpo e fale com seu médico. Não ignore", pede Cross. "É um câncer muito curável se for diagnosticado cedo, como foi o meu".

Loading...
Revisa el siguiente artículo