'Sunset Boulevard': Marisa Orth solta a voz para encarnar a atriz Norma Desmond em musical

Por Metro Jornal

Cantora e atriz de forte veia cômica, Marisa Orth se debruça sobre o drama em “Sunset Boulevard”, adaptação de Andrew Lloyd Weber para o filme “Crepúsculo dos Deuses” (1950), de Billy Wilder.

No musical, que estreia nesta sexta-feira (22) no Teatro Santander (quintas e sextas, às 21h; sábados, às 17h e 21h; domingos, às 15h e 19h; de R$ 75 a R$ 290; até 7/7), ela é Norma Desmond, atriz de cinema mudo que cai no ostracismo e fica à espera de uma volta triunfal.

É um papel potente, que pertenceu a Gloria Swanson no cinema e a Glenn Close nos teatros.

Que referência você tinha do filme?
Vi quando tinha uns 18 anos e revi há uns 20 dias. Achei que precisava rever porque a peça está no filme. Essas pessoas são vítimas de uma mudança de mídia. Quer algo mais atual do que isso?

Como é viver um papel tão icônico quanto esse?
Sabia que a Glenn Close arrasava, ela canta muito bem. Minha cultura de musicais é pequena, achei que não conseguiria. Mas fui lembrando de mim mesma e de como é difícil encarar a passagem do tempo.

Você acha que este é um musical mais adulto?
Sem dúvida. Musical é sempre ligado a algo superficial, mas tanto o filme quanto a peça são obras-primas. Essa é uma história mítica, quase operística. As pessoas saem chorando no final.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo