'O Menino que Descobriu o Vento': Indicado ao Oscar narra trama inspiradora em filme da Netflix

Por Metro Internacional

O ator Chiwetel Ejiofor, indicado ao Oscar por “12 Anos de Escravidão”, não tinha qualquer ambição séria em fazer roteiros ou dirigir até ler a biografia “O Menino que Descobriu o Vento”, que ele adaptou em um filme homônimo já disponível na Netflix.

Na obra, William Kamkwamba detalha como, ainda adolescente, construiu uma turbina eólica a partir de árvores, peças de bicicleta e material de ferro-velho para salvar sua família diante de uma terrível seca no Maláui, no ano de 2001.

“O livro é cheio de esperança e otimismo e me inspirou muito, sobretudo porque conta uma história de uma parte do mundo que tem sido retratada de forma não muito otimista no cinema”, diz Ejiofor, que é britânico, mas tem pais nigerianos.

Veja também:
‘O Ator e o Lobo’: Longe da TV, Pedro Paulo Rangel festeja 50 anos de carreira com monólogo
Adidas lança linha de tênis inspirados em Game of Thrones

“O Maláui é muito diferente da Nigéria. Não existe uma África genérica, mas há algumas semelhanças. Lembro das minhas viagens à Nigéria, esse sentimento de pertencimento, conexão, tradição, cultura e dinâmica familiar é realmente forte, autêntico e profundamente arraigado”, diz ele.

Para o diretor, de 41 anos, que também atua como pai do protagonista, “O Menino que Descobriu o Vento” prova a importância de apresentar histórias de várias partes do mundo. “Isso nos permite compreender melhor todos os matizes do mundo que nos rodeia”, defende.

O filme foi rodado em Wimbe, a mesma cidade onde Kamkwamba cresceu, e, além de narrar esta incrível história real, aborda uma grande variedade de temas.

“Falamos sobre mudança climática e economia, o que faz o público se relacionar com a trama de maneira mais ampla e política. Há diálogos sobre democracia e individualismo, e tudo isso me parece urgente e autêntico para além do contexto do Maláui de 2001”, conclui Ejiofor.

Assista ao trailer:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo