Dia Internacional da Mulher: Filmes e séries para entender por que elas não querem flores

Por Metro Jornal

Nesta sexta-feira, 8 de março de 2019, celebra-se oficialmente o 44º Dia Internacional da Mulher, baseado em acontecimentos históricos que representam os primeiros passos da luta pela igualdade de direitos entre os gêneros.

Leia mais:
Masp tem entrada franca para mulheres nesta sexta
Dia da Mulher: Imprensa de SP dá 30% de desconto em obras escritas por mulheres

Embora a ONU tenha  tornado a data oficial apenas nos anos 1970, o 8 de março é comemorado desde o início do século 20, por motivos que remontam a tragédias como as péssimas condições de trabalho que culminaram no incêncio de uma fábrica em Nova York que matou 125 operárias (e mais 21 colegas do sexo masculino) em 1911.

Em 2019, a luta pela igualdade continua. Segundo dados do IBGE de 2018, as brasileiras ganham o equivalente a 76,5% do salário dos homens, mesmo trabalhando três horas por semana a mais do que eles. Fora isso, os números de violência contra a mulher continuam alarmantes.

O feminismo tenta explicar essa disparidade. Mas há ainda quem não entenda homenagens fofinhas não poderiam passar mais longe da essência desta data.

Filmes, documentários e séries têm incorporado essa pauta. Assim fica mais fácil entender por que hoje é um dia de reflexão sobre como nascer sob o sexo feminino pode ser bem desafiador.

Veja nossa seleção de títulos disponíveis na Netflix:

Filmes

Mary Shelley

A criadora de Frankenstein era uma feminista que desafiou sua época por causa da arte e do amor.

Histórias Cruzadas

A segregação racial é o tema principal, mas Skeeter (Emma Stone), uma jovem com aspirações maiores que o casamento em pleno sul norte-americano dos anos 1960, também tem uma história importante.

Documentários

Audrie & Daisy

A partir de dois casos de meninas que sofreram abuso sexual e foram vítimas de linchamento virtual, o filme fala sobre uma prática que tem perseguido os jovens na atualidade.

Absorvendo o Tabu

O curta gahou o Oscar e fala sobre como a menstruação é condição ainda limitadora para algumas mulheres na Índia. Meninas deixam de ir à escola porque não têm como se trocar. A impossibilidade de comprar absorventes – pelo preço – é algo que um grupo de mulheres tenta resolver.

Feministas: O que Elas Estavam Pensando?

She's Beautiful When She's Angry

Séries

Explicando

Episódio "Por que as mulheres ganham menos?"

One Day at a Time

Uma mãe que serviu ao Exército Americano e, no trabalho, descobre que ganha menos que o colega que acabou de entrar e uma filha que se descobre lésbica e desafia os padrões que se impõem às meninas na adolescência.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo