'Albatroz': roteirista de 'Tropa de Elite' cria quebra-cabeça em novo filme

Por Metro Jornal

“Albatroz”, que estreia nesta quinta-feira (7), não é um filme fácil. Inspirado na neurociência, o longa dirigido por Daniel Augusto coloca Alexandre Nero na pele de um fotógrafo incapaz de distinguir a realidade enquanto é manipulado por um amor antigo (Andréa Beltrão).

O público fica tão perdido quanto o protagonista, sem saber qual é a ordem “certa” dos fatos – se é que eles podem ser mesmo encarados como tal. É um risco – mas, para o roteirista Bráulio Mantovani, autor de “Cidade de Deus” (2002) e “Tropa de Elite” (2007), todo filme já o é.

Veja também:
Marvel apresenta sua heroína mais durona em ‘Capitã Marvel’
Blocos de rua em São Paulo são multados em mais de R$ 300 mil

“Esse filme tem uma narrativa fora do padrão tradicional, o que pode causar um pé atrás. Pode ser, sim, mais arriscado, mas não acho que seja menos do ‘Cidade de Deus’”, afirma o roteirista, que se diz fascinado pela loucura.

“Um cérebro desestruturado parece caótico ou aleatório, mas não é. Ele está apenas em uma ordem com a qual não estamos acostumados a lidar. Queria que o filme fosse isso, embaralhado no tempo e no espaço e nos planos mental e real”, diz ele.

Assista ao trailer:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo