Framboesa de Ouro deu a Donald Trump título de pior ator

Por Metro Brasília

A premiação do Oscar atravessou a madrugada do último domingo (24), mas nem só de glamour vive a indústria do cinema: no sábado, 24h antes do Oscar, foram entregues os Framboesas de Ouro, que elegem os piores representantes da sétima arte.

Leia mais:
Queen volta ao ranking dos artistas que mais venderam em 2018; Drake e BTS lideram
Bohemian Rhapsody: Conheça Marc Martel, a voz de Freddie Mercury no filme

O prêmio escolheu o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como o pior ator do ano por sua participação em dois documentários lançados em 2018: “Fahrenheit 11/9”, de Michael Moore, e “Death of a Nation”, de Dinesh D’Souza. Trump recebeu ainda o título de pior combinação, categoria em que geralmente concorrem duplas, mas com ele a parceria era apenas com sua “inesgotável mesquinharia”.

O título de pior filme ficou com “Holmes & Watson”, comédia de Etan Cohen (o pior diretor) que faz uma versão besteirol dos detetives ingleses, protagonizada por Will Ferrell e John C. Reilly – esse último “premiado” como pior ator coadjuvante.

Melissa McCarthy, que concorreu ao Oscar de melhor atriz com “Poderia Me Perdoar?”, foi eleita a pior atriz por “Crimes em Happytime.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo