Oscar 2019: Melissa McCarthy, de coadjuvante na TV a dama da comédia

Por Metro Jornal

Melissa McCarthy teve duas fases de reconhecimento: a primeira, na TV, como a Sookie em "Gilmore Girls" e a protagonista de "Mike and Molly", e, mais recentemente, como um um dos principais nomes da comédia norte-americana. Em "Poderia Me Perdoar?", filme pelo qual recebeu sua segunda indicação ao Oscar, a atriz de 48 anos se afasta dessas referências.

Leia mais:
Oscar 2019: Da TV para o cinema, veja a evolução artística de Rami Malek
Oscar 2019: O histórico de atuação de Lady Gaga começou com ‘ponta’ em Família Soprano

Ela interpreta a escritora Lee Israel, que apela para a falsificação depois que se sente deixada de lado . A história real ainda reflete  a veia humorística de Melissa, mas não recorre a nenhum dos clichês do gênero.

Prima da apresentadora Jenny McCarthy, Melissa teve começo relativamente tarde, quase aos 30, no filme "Vamos Nessa" (1999). Colecionou pontas em filmes como "As Panteras" (2000) e "A Vida de David Gale" (2003). Nessa época, já interpretava a carismática chef e melhor amiga de Lorelai em "Gilmore Girls" (2000-2007). Fez mais uma coadjuvante na TV, em "Samantha Who" (2007-2009) até conseguir sua primeira protagonista em "Mike and Molly" (2010-2016).

"Missão Madrinha de Casamento", de 2011, rendeu-lhe sua primeira indicação ao Oscar. Com o diretor desse "Se Beber Não Case" feminino, Paul Feig, fez ainda "As Bem-Armadas" (2013), "A Espiã que Sabia de Menos" (2015) e "Caça-Fantasmas" (2016).

Veja alguns filmes de Melissa McCarthy:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo