Histórias reais, empoderamento e muita música: veja curiosidades sobre os indicados ao Oscar de Melhor Filme

Por Metro Jornal
oscar 2019 logo selo

O Oscar 2019 acontece neste domingo (24) e os olhos dos cinéfilos de todo o mundo estão voltados para o que acontece em Hollywood. A maior premiação do cinema deve distribuir estatuetas aos vencedores a partir das 22h, no horário de Brasília.

Leia mais:
Como as atrizes escolhem seus vestidos para a grande noite do Oscar?
Oscar 2019 pode refletir as mudanças em Hollywood; confira as apostas do Metro

Enquanto não começa o anúncio de quem serão eleitos como melhores do ano, que tal conhecer mais os bastidores dos indicados a Melhor Filme?

Nasce uma Estrela

A música "I'll Never Love Again" é linda, né? Ela fecha bem o filme e conseguimos sentir a dor de Lady Gaga. Acontece que no mesmo dia em que foi gravar essa cena, a atriz e cantora tinha perdido sua melhor amiga, Sonja Durnham, que lutava contra um câncer. Ela não chegou a tempo para um último adeus.

A Favorita

Em meio a tantas atuações fortes, Rachel Weisz consegue se destacar de igual para igual com Emma Stone e Olívia Colman. Contudo, a atriz não foi a primeira escolha para o papel: Lady Sarah seria interpretada por Kate Winslet, que precisou deixar a produção.

Pantera Negra

Wakanda forever! O reino imaginário da Marvel faz parte do continente africano, mas em nenhum momento os atores foram gravar por lá. Todas as cenas foram feitas nos Estados Unidos – e as poucas tomadas aéreas realmente na África foram feitas por um estúdio terceirizado.

Infiltrado na Klan

O ator que interpreta David Duke, o líder da Ku Klux Klan, ficou tão deprimido que precisou se dedicar a coisas aleatórias. Uma delas foi transformar a trilogia "O Hobbit", de Peter Jackson, em um único filme, com 2h de duração.

Leia mais:
Confira as críticas do Metro Jornal de todos os indicados a Melhor Filme
Você sabe qual é a diferença entre as categorias Mixagem e Edição de Som?

Bohemian Rhapsody

O "filme do Queen" poderia não ter essa cara de agora. Isso porque Rami Malek não era a primeira escolha da produção: as primeiras gravações contaram com a interpretação de Sacha Baron Cohen, de "A Invenção de Hugo Cabret" e "Os Miseráveis". Contudo, o guitarrista Brian May achava o ator "muito comediante" para o papel.

Roma

A atriz principal, Yalitza Aparicio, não fazia a menor ideia de quem era Alfonso Cuarón, nem nunca tinha assistido a nenhum de seus filmes. Isso porque ela, uma professora, só fez o teste para o papel por insistência da irmã, que estava grávida.

Green Book: O Guia

A família de Tony Vallelonga no filme são seus parentes reais. Um deles, inclusive, seguia comendo mesmo depois que o diretor gritava para parar a cena.

Vice

Além da já habitual mudança de físico de Christian Bale, o ator também precisou estudar o linguajar político, decorando nomes de órgãos institucionais e suas diversas siglas. Isso porque ele precisava adicionar 'cacos' durante a gravação.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo