Oscar 2019: Como as atrizes escolhem seus vestidos para a grande noite?

Por Metro Jornal

A escolha do look da noite do Oscar tem um peso enorme para as atrizes, principalmente para as que foram indicadas em alguma categoria. Vestido, cabelo, maquiagem e joias podem ser guias para outras mulheres em festonas ao longo do ano – mesmo que sem o mesmo glamour.

Meryl Streep, uma das grandes habitués de premiações em geral (só no Oscar, foi indicada 21 vezes e ganhou três), contou que não era comum que outras pessoas palpitassem no visual das indicadas. Foi assim quando ela decidiu usar seu vestido de noiva para o Globo de Ouro de 1980, em que ganhou por seu papel em "Kramer vs Kramer". "Naquela época, não se emprestava vestidos e eu não tinha como comprar alguma coisa. Então usei o meu vestido de noiva", contou ao site The Hollywood Reporter.

 

kramer x kramer Meryl Streep e Dustin Hoffman em Kramer x Kramer / reprodução

 

Hoje, no entanto, a história é bem diferente. Quase todo astro conta com uma assessoria para se vestir. Os stylists têm de seguir um equilíbrio delicado para garantir os melhores modelitos: procurar os estilistas com antecedência, mas não muita. Isso porque as atrizes também se preocupam com a superstição e a "zica" de escolher a roupa antes mesmo de sair a indicação.

O passo a passo

A partir do momento em que os indicados saem, no entanto, a corrida é alucinante. Acompanhe o processo

  • Quando a indicação sai, as atrizes que vão ao Oscar têm duas opções: emprestar das grifes ou ter um modelo feito sob medida. Elas podem, claro, comprar seu próprio vestido, mas em geral isso é raro porque as marcas anseiam pela temporada do tapete vermelho por conta da exposição.
  • As atrizes indicadas têm prioridade de escolha, seguida por aquelas que vão apresentar prêmios.
  • Como o pior a acontecer é repetir looks, a competição é acirrada. As marcas podem, sutilmente, reservar vestidos para determinadas estrelas, mesmo que elas estejam de olho nas peças da concorrência.
  • Em geral, as stylists precisam reservar, no mínimo, dois vestidos: já que as atrizes trocam de roupa para a festa pós-premiação. Segundo Kate Young, que vestiu Natalie Portman e Dakota Johnson em anos anteriores, as atrizes direcionam a negociação. "O primeiros passo que eu dou é ligar para a atriz para descobrir o que ela quer. A partir daí, eu peço todos os looks que acredito que vão funcionar aos showrooms. Recebo araras e mais araras de roupas. Eu seleciono e reduzo as opções e vou até a casa da atriz para fazermos provas", contou ao E! Entertainment.
  • Algumas poucas estrelas podem fechar acordo com marcas por temporada. Foi o caso de Jennifer Lawrence, que usou Dior no Oscar 2013, em que ganhou o prêmio de melhor atriz por "O Lado Bom da Vida" e em outras diversas ocasiões (foi com esse vestido que ela tropeçou e caiu nas escadas do palco, antes de ir receber sua estatueta).
Jennifer Lawrence no Oscar 2013 Jennifer Lawrence no Oscar 2013, de Dior / Getty Images

 

  • Apesar de tanto planejamento, ainda há problemas de última hora. Anne Hathaway descobriu na noite anterior ao Oscar 2013 que alguém iria usar um vestido muito parecido ao Valentino que havia separado. "Começamos a mandar mensagens de SOS a amigos stylists. Todo mundo ajudou entregando vestidos na casa de Anne ou mandando fotos do que elas tinham em seus estúdios. As pessoas pensam que nesse negócio todo mundo é inimigo e quer se matar por causa dos vestidos, mas não é verdade", disse a stylist Jill Lincoln para a rede CNN.
  • Não, na maioria das vezes as atrizes NÃO FICAM COM OS VESTIDOS QUE USARAM, que muitas vezes custam milhares de dólares. A devolução das peças é feita em até dois dias após a premiação.
  • As joias têm um prazo ainda mais apertado, segundo reportagem do canal E! Entertainment. Em geral, a entrega e devolução é feita com escolta de seguranças particulares.
  • Porém, segundo o Hollywood Reporter, em reportagem de 2014, as marcas podiam pagar, à época, até US$ 250 mil para as artistas que usassem a grife. Já os stylists podem levar uma porcentagem também.
  • Esse esquema, porém, não vale para atrizes fora do padrão. Leslie Jones e Melissa McCarthy (que trabalharam juntas em "Ghostbusters") falaram sobre essa dificuldade. Em geral, o tamanho máximo das grifes de luxo vai até o 4 (equivalente ao 38 brasileiro).
  • As iniciantes também penam. Foi o caso de Yalitza Aparicio, a protagonista do filme mexicano "Roma". Sua stylist, Sophie Lopez, contou que viu a disputa com atrizes consagradas ir ganhando mais chances com o avançar do tempo: "Roma" ganhou um Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro. Quando a indicação a melhor atriz saiu, a situação ficou infinitamente melhor.
Yalitza Aparicio Getty Images

 

 

 

 

 
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo